De olho no tempo – 100% Meteorologia jornalística!

Notícias nacionais

Chuva fica acima da média no Rio Grande do Sul

O mês de setembro trouxe de volta o padrão de instabilidade ao estado do Rio Grande do Sul com o deslocamento de novos sistemas frontais e o posicionamento do Jato de Baixos Níveis ao território gaúcho, onde a chuva voltou a ocorrer de forma mais distribuída.
Em vários municípios, o índice pluviométrico ao longo do mês superou a média climatológica, principalmente na metade leste, região que mais registrou chuva, com destaque para Camaquã que computou 312,8 milímetros, contra média climatológica de 132,1 mm. Já no setor oeste e no extremo litoral sul, a precipitação ficou muito abaixo do normal.
A rede de estações meteorológicas automáticas operadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou os seguintes valores ao longo do mês:
312,8 mm em Camaquã
252,6 mm em Canela
250,4 mm em Porto Alegre
247,2 mm em Caçapava do Sul
232,2 mm em Rio Pardo
231,0 mm em Soledade
220,0 mm em Bento Gonçalves
201,6 mm em Torres
195,6 mm em Cruz Alta
192,2 mm em Santa Maria
191,4 mm em São José dos Ausentes
190,4 mm em Mostardas
169,6 mm em São Gabriel
163,4 mm em Canguçu
155,6 mm em Lagoa Vermelha
1546 mm em Santana do Livramento
154,6 mm em Vacaria
139,8 mm em Passo Fundo
132,2 mm em Rio Grande
123,0 mm em Bagé
115,2 mm em Palmeira das Missões
115,2 mm em Santo Augusto
113,8 mm em Erechim
112,2 mm em Santiago
109,0 mm em São Luiz Gonzaga

(Imagens: Inmet – Cptec/Inpe)

(Fonte: De Olho No Tempo – Meteorologia)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


PARCEIROS
Tweets Recentes
Publicidade